“Peço que Geraldo Julio transforme casa de Capiba em equipamento turístico”, diz Silvio

Foi com tristeza que recebi a notícia, divulgada pela imprensa, sobre a possibilidade de aluguel e venda da casa onde viveu o músico e compositor Capiba, uma referência da nossa cultura.  A casa, no bairro do Espinheiro, na Zona Norte do Recife, é memória viva da história dele, já que lá ele compôs muitos de seus frevos famosos.



Quero propor ao prefeito Geraldo Julio, não como líder da oposição na Assembleia Legislativa, mas, sobretudo como cidadão recifense, que ele, através da sua gestão, em parceria com o Trade Turístico alugue o imóvel e o transforme em um novo equipamento turístico para a cidade.



Lourenço da Fonseca Barbosa, o Capiba, faz parte da nossa história, da nossa cultura, e está no coração de milhares de recifenses e Pernambucanos. A casa onde ele morou é administrada pela viúva do artista, dona Zezita, que informou que o imóvel está à venda e também disponível para alugar. Então é muito factível, que a prefeitura possa locar e transformá-lo, através de parcerias, em um equipamento turístico para a cidade. Tendo em vista que o local reúne muito da história do artista e grande compositor.



Entendo que o Recife precisa de novos equipamentos que divulguem a cultura e a história da nossa cidade. Um dos desafios dos gestores públicos é trabalhar pelo fortalecimento da indústria do turismo, que gera emprego e renda para a população. Esse deve ser um desafio dos gestores públicos que pensam em trabalhar pelo fortalecimento da indústria do turismo não só na cidade, mas no estado e no Brasil, como acontece nas principais capitais do mundo, por exemplo.



Peço ao prefeito Geraldo Julio que faça uma reflexão sobre essa sugestão, buscando o fortalecimento da cultura e da história da nossa cidade. 



Deputado estadual Silvio Costa Filho