Prefeitura de Caruaru apresentou projeto para comerciantes de rua
Prefeitura de Caruaru apresentou projeto para comerciantes de rua

Na manhã de ontem (28), a Prefeitura de Caruaru deu um importante passo para a requalificação do Centro da cidade. A prefeita Raquel Lyra assinou, junto à Caixa Econômica Federal, o contrato de repasse que vai garantir a repaginação de pisos e das calçadas de dois largos - Guararapes e Praça Leocádio Porto - para organizar o comércio de ambulantes que atuam nas ruas do Centro.

O secretário de Ordem Pública, Coronel Luiz Aureliano, apresentou o passo a passo do projeto inovador para os ambulantes do Centro de Caruaru. Atualmente, a prefeitura tem cadastrados 474 ambulantes. Desses, 52,1% comercializam alimentos; 26, 4% artigos eletrônicos e afins; e 21,5 % outros tipos de produtos. O projeto visa atender 571 ambulantes, sendo 302 no Largo Guararapes e 269 no Largo Praça Leocádio Porto.

A estrutura utilizada pelos ambulantes deverá ser fornecida por uma empresa patrocinadora selecionada por meio de chamamento público. Os ambulantes terão crachá, barracas desmontáveis ou painel, banco, guarda-sol e carrinho para transporte. Ao final do dia de trabalho, os ambulantes devem retirar a barraca do local, pois o espaço será utilizado para apresentações culturais. O presidente da Associação Caruaruense dos Trabalhadores Autônomos (ACTA), Carlos Henrique, elogiou o trabalho na elaboração desse projeto, destacando o diálogo com os ambulantes. “Enquanto categoria fico muito feliz, pois apresentamos ideias boas e foram atendidas, existiu o diálogo na elaboração do projeto. Podem contar com a gente neste passo importante para a cidade”, afirmou Carlos.

Outro ponto bastante positivo serão as capacitações através de cursos oferecidos pelo Sebrae. “Estaremos organizando o Centro da cidade com um olhar nas famílias de cada ambulante. Através desses cursos, eles estarão se aperfeiçoando ainda mais na sua área”, disse o secretário de Ordem Pública, Coronel Luiz Aureliano. Vale lembrar que, atualmente, existe a disponibilidade de 100 vagas, em feiras livres da cidade, para os ambulantes que querem se tornar feirantes.

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, enfatizou o simbolismo histórico que representa o Centro da cidade, onde há 25 anos não existia uma requalificação. “Sabemos da importância do local para a economia. Desde o início do mandato, queremos garantir melhorias para o trabalhador autônomo, adequando da melhor forma possível, atendendo todos os públicos. Estamos juntos para o desenvolvimento de Caruaru”, exaltou a prefeita.

Estiveram presentes representantes da ACTA, CDL, Acic, Caixa Econômica Federal, FIEPE e ambulantes. Estarão à frente do projeto as secretarias municipais de Urbanismo e Obras, Planejamento, Orçamento e Gestão, Desenvolvimento Social, Inclusão e Direitos Humanos, Serviços Públicos, Desenvolvimento Econômico e Economia Criativa, Ordem Pública e Destra.