quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Governo de Pernambuco recebe documento com recomendações para minimizar impactos de parques de energia eólica

Três meses depois de anunciar a intenção de promover uma transição energética de forma “ágil, responsável e justa”, o governo de Pernambuco recebeu, nesta terça, 27, das mãos de representantes de comunidades afetadas pelos impactos dos parques eólicos e solares, um relatório com mais de 100 sugestões a serem adotadas no processo de licenciamento.

O documento, intitulado Salvaguardas Socioambientais para Energia Renovável, é resultado de uma construção coletiva de medidas de mitigação propostas por mais de 30 entidades – a maioria de povos e de populações tradicionais do Nordeste. “A expansão de renováveis tem intensificado conflitos territoriais, gerado ameaças à biodiversidade, agravado injustiças e danos socioambientais aos povos do campo, da floresta, das águas e aos seus ecossistemas”, traz a introdução do relatório.

Exemplos desses impactos podem ser observados em Pernambuco. “Os aerogeradores fazem um barulho constante, que abala a saúde mental das pessoas que moram perto. Na aldeia Baixa do Lero (Tacaratu, PE) os moradores escutam dentro de casa”, diz Alexandre Santos, do povo pankararu e coordenador de Comunicação da Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo (Apoinme), entidade que participou da elaboração do documento de salvaguardas.

Outro problema apontado pelo indígena é o desaparecimento de plantas utilizadas em rituais sagrados.”Temos encontrado muita dificuldade em achar cansanção (uma urtiga), umbuzeiro, croá. O espaço onde tinha bastante cansanção é onde estão a usina solar e a eólica, mas com o desmatamento da caatinga não tem mais”, afirma Alexandre Santos. “Nossa espiritualidade vem da natureza. Os impactos ambientais afetam nosso modo de vida, nossa cultura.”

Com as centrais eólicas e solares, vêm as linhas de transmissão de eletricidade. O sociólogo Luís Soares, do conselho gestor da Associação de Educação, Arte, Cultura e Agroecologia Sítio Ágatha, no município pernambucano de Tracunhaém, cita os transtornos causados pelas torres de transmissão instaladas no local: elas exerceram um profundo impacto sobre a fauna, a flora e o bem-estar dos agricultores familiares dos assentamentos rurais de reforma agrária Chico Mendes II, Ismael Felipe e Nova Canaã, na zona rural de Tracunhaém.

“A justificativa é que a energia eólica é uma energia limpa; no entanto, a realidade observada é de devastação ambiental, apropriação de terras e ataque aos direitos humanos nesse território.” Para Luís Soares, as salvaguardas podem desempenhar um papel crucial na promoção de uma abordagem mais sustentável e justa para a implantação de projetos de energia eólica e solar, garantindo a proteção dos direitos das comunidades locais e do meio ambiente, bem como promovendo a inclusão e equidade de raça e gênero.

A Secretaria de Meio Ambiente, Sustentabilidade e de Fernando de Noronha de Pernambuco (Semas-PE) reconhece, na ação anunciada em novembro (Decreto Nº 55.863), a necessidade de uma visão sistêmica e integrada da sociedade, em que o estabelecimento de padrões de produção e consumo tenha também a capacidade de reduzir desigualdades e vulnerabilidades, e de regenerar a natureza. Por meio do decreto estadual, de 28/11/23, a Semas-PE instituiu um grupo de trabalho para subsidiar a elaboração de normas para o licenciamento ambiental de empreendimentos de geração de energia elétrica a partir de fontes eólica e solar.

Para a secretária executiva de Sustentabilidade da Semas-PE, Karla Godoy, o documento de salvaguardas é de extrema importância para Pernambuco, já que o estado está em processo de criação da legislação do licenciamento de empreendimentos de energia renovável.

“É super importante ter um documento desta magnitude em mãos para que o meio ambiente, tanto a fauna quanto a flora, também a sociedade civil não sofram com a geração das energias renováveis que são tão importantes e necessárias. Esse documento também pode auxiliar a gente na criação da legislação do licenciamento evitando problemas futuros no meio ambiente e na sociedade civil”, ressalta.

Entre as salvaguardas propostas estão uma distância mínima de 2 quilômetros da torre eólica para edificações (hoje esse limite não existe) e a priorização de áreas degradadas para instalação de centrais de energia, a fim de evitar mais desmatamento. E ainda a realização de estudos da poluição sonora, incluindo os infrassons emitidos pelas torres eólicas. Os infrassons, inaudíveis aos seres humanos, são apontados como causadores de distúrbios do sono. Também solicita estudos dos efeitos da sombra dos aerogeradores, conhecido como efeito estroboscópico, igualmente apontado como prejudicial à saúde.

Na avaliação do Plano Nordeste Potência, que apoiou a construção do relatório, as mais de 100 medidas mitigatórias vão ao encontro da política ambiental de Pernambuco. “Esperamos que o documento seja útil para o estado para compatibilizar a produção de energia com o desenvolvimento social, as políticas rurais, a segurança alimentar e a conservação da natureza, com respeito a todos os povos e comunidades que formam Pernambuco”, diz a coordenadora de articulação do plano, Fabiana Couto.

Durante o processo de elaboração do documento, representantes das comunidades participaram de três encontros presenciais, realizados em Salvador (BA) e no Recife (PE), promovidos pelo Plano Nordeste Potência, iniciativa resultante de uma coalizão de ONGs empenhadas em fazer com que transição energética, além de levar em consideração o meio ambiente, ocorra de forma socialmente justa e inclusiva.

Pernambuco é o segundo Estado do Nordeste a receber o relatório Salvaguardas Socioambientais para Energia Renovável. O primeiro foi Alagoas, em 19 de fevereiro, às Secretarias do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos e de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, além do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) e da representação local do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA). O próximo será o Ceará, no dia 4 de março.

Poder Legislativo de Caruaru reverencia os 55 anos da Paixão de Cristo

Foto: Vladimir Barreto

Na segunda-feira (26), o Poder Legislativo realizou uma grandiosa solenidade para homenagear o empresário Robinson Pacheco, em alusão aos 55 anos da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém. O decano da Casa, vereador Leonardo Chaves, apresentou os decretos que concedeu o Título de Cidadão de Caruaru e a Medalha “Argemiro Pascoal” à Pacheco.

Filho de Plínio Pacheco, fundador e construtor da Nova Jerusalém – em Brejo da Madre de Deus, Robinson Kennedy de Mendonça Pacheco iniciou como assistente de produção do espetáculo com apenas 10 anos de idade. A partir de então, prosseguiu trabalhando na produção de vários projetos audiovisuais e de empreendimento. Entre eles, estão a organização do espetáculo “Noite Feliz – O Nascimento de Jesus”, a criação da Pousada da Paixão em Fazenda Nova e a produção de clipes de cantores como Dominguinhos, Chitãozinho e Xororó e Alceu Valença. Com muita dedicação, Robinson dá continuidade ao legado do pai e fortalece a cultura do estado, em especial, do agreste pernambucano.

“Robinson Pacheco é destinatário da nossa imensa gratidão por tudo o que faz pelo engrandecimento da cultura teatral da região”, afirmou o propositor das honrarias. “O espetáculo aproxima as pessoas da mais bela história da humanidade: a paixão de Cristo que deu a vida por nós” comenta o radialista Ivan Feitosa.

Além da inestimável contribuição para a cultura local, o espetáculo movimenta a economia de Brejo e de todas as cidades circunvizinhas, em especial, a de Caruaru. “A arte também é importante para gerar renda, e com a parceria que Caruaru tem com as cidades vizinhas, a economia é impulsionada ainda mais”, pontuou o Presidente da Fundação de Cultura de Caruaru, Hérlon Cavalcanti. “Em sintonia com Brejo, Caruaru também é impactada positivamente com esse sonho que surgiu em Fazenda Nova”, complementa Bruno Lambreta (PSDB), após citar sobre as 1.500 pessoas envolvidas diretamente na construção da peça todos os anos.

Em seu discurso, Pacheco se emocionou com a celebração que o agraciou pelo grandioso trabalho que desenvolve no maior teatro ao ar livre do mundo. Citou, ainda, que fazer cultura não é simples, demanda esforços para que seja realizada com maestria. Porém, declarou o quanto é compensatório produzir cada espetáculo. “A minha maior conquista é realizar um belo espetáculo que emocione todo o público”, confessou o empresário.

IEL-PE abre vaga para estágio em Ciências Contábeis, em Gravatá

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL-PE) está selecionando candidatos para estágio de nível superior na área de Ciências Contábeis com atuação em Gravatá, no Agreste pernambucano. A vaga conta com carga horária das 8h às 12h e das 14h às 16h, de segunda a sexta-feira, e possui remuneração de R$ 700 e auxílio transporte fretado.

Para se candidatar, é necessário estar cursando a partir do 5° período do curso de Ciências Contábeis. As principais atividades incluem: auxiliar no setor contábil e financeiro. A empresa contratante fica localizada na zona rural de Gravatá. Os interessados devem se cadastrar na vaga de código 106702, no site ielpe.org.br.

Em reunião do Juntos pela Segurança, governadora Raquel Lyra debate ações para garantir melhorias no sistema penitenciário pernambucano



A governadora Raquel Lyra, ao lado da vice-governadora Priscila Krause, conduziu nova reunião de monitoramento do Juntos pela Segurança, nesta segunda-feira (26), na sede da Secretaria de Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Regional, no Recife. Ampliada com a presença de órgãos e instituições do Estado, a reunião tratou de como o sistema prisional pode contribuir para os bons resultados do programa. Além de secretarias estaduais presentes, o encontro também contou com a participação de representantes da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Defensoria Pública, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase).

“Temos o enorme desafio de reverter os indicadores de violência, sobretudo de crimes contra a vida. Por isso, planejar e executar as melhorias que o nosso sistema penitenciário necessita é fundamental para garantirmos a ressocialização dos reeducandos e a paz da população. Precisamos seguir trabalhando juntos para que cada pernambucano e pernambucana se sinta seguro nas ruas do nosso Estado”, destacou a governadora Raquel Lyra.

Entre os pontos discutidos para a redução da impunidade e para a celeridade de procedimentos ligados ao sistema prisional estão ações como a conclusão de obras nas penitenciárias, abertura de novas vagas e ampliação no número de profissionais da segurança pública.

“O governo faz uma atuação muito efetiva ao olhar para o sistema penitenciário como parte integrante da segurança pública no Estado, inclusive com a criação da nova Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização, dando mais visibilidade e enfrentando os problemas com mais força. As medidas estão sendo tomadas em uma mesa bem aberta e com a presença de vários Poderes”, disse Paulo Paes, secretário estadual de Administração Penitenciária e Ressocialização.

“O Poder Judiciário é parte integrante do sistema de justiça, então vejo como de fundamental importância a reunião de hoje com diversas instituições sobre o tema da segurança pública, para encontrar as melhores soluções para a prestação jurisdicional e as atividades que envolvem a segurança”, registrou o desembargador Mauro Alencar de Barros, do Tribunal de Justiça.

Para esse trabalho de defesa da segurança, o governo estadual já anunciou que vai convocar o dobro de aprovados no concurso da Polícia Civil. Inicialmente, estavam previstas 445 vagas. O concurso é para os cargos de escrivão, agente de polícia e delegado. Para a Polícia Militar, o governo também anunciou que vai convocar 5.250 vagas, número bem superior às 2.700 vagas anunciadas a princípio. O concurso da Polícia Científica deve ser aberto ainda no primeiro semestre deste ano. 

Além da abertura dos concursos, a gestão de Raquel Lyra já nomeou 416 policiais penais desde o início de 2023, mais do que o dobro previsto no certame realizado em 2021.

Participaram da reunião o deputado estadual Fabrizio Ferraz, presidente da Comissão de Segurança Pública e Defesa Social da Alepe; o procurador de Justiça Renato Silva Filho (Ministério Público); o defensor público-geral Henrique Seixas; além de Fatima Cartaxo, consultora do BID, e Rodrigo Pantoja, especialista setorial em Segurança Cidadã e Justiça do BID.

Os secretários estaduais Túlio Vilaça (Casa Civil), Ismênio Bezerra (Criança e Juventude), Fabrício Marques (Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Regional), e Alessandro Carvalho (Defesa Social), bem como o chefe da Polícia Civil, delegado Renato Leite, o comandante da Polícia Militar de Pernambuco, coronel Ivanildo Cesar Torres de Medeiros, o gerente geral de Polícia Científica, Fernando Benevides, e a diretora-presidente da Funase, Raíssa Braga, também acompanharam o encontro.

Foto: Hesíodo Góes/Secom

Governo de Pernambuco lança Plano de Contingência das Doenças Respiratórias Sazonais na Infância e anuncia a criação de mais de 100 leitos de internamento

O Governo de Pernambuco lançou, na segunda-feira (26), o Plano de Contingência das Doenças Respiratórias Sazonais na Infância para o ano de 2024. Com a presença da governadora Raquel Lyra e da vice, Priscila Krause, o documento foi apresentado pela secretária de Saúde, Zilda Cavalcanti. O objetivo é determinar ações para garantir a rápida detecção e resposta aos casos, surtos ou epidemias decorrentes da circulação dos vírus respiratórios. Para minimizar o impacto da demanda de internamentos, foi anunciada a criação de mais de 100 leitos de internamento pediátrico da rede de saúde do Estado.

“Estamos investindo R$ 9 milhões por mês para garantir o material humano, os insumos necessários para este enfrentamento com a abertura dos leitos adequados. E não estamos atuando somente durante a sazonalidade dessa síndrome, mas o ano inteiro. No ano passado criamos 135 leitos e já temos prontos mais 100 para serem abertos quando forem necessários. Então, a nossa expectativa é oferecer um tratamento mais eficiente para as crianças pernambucanas”, afirmou Raquel Lyra.

As doenças do sistema respiratório foram a principal causa de internação entre crianças no Estado de Pernambuco no ano de 2023, especialmente nos meses entre março e agosto, período que apresenta aumento considerável de casos de infecções virais e bacterianas.

“Esse plano vai atuar nas medidas de prevenção, preparando o sistema de saúde para atender essa demanda de um aumento dos casos mais graves de gripe, em crianças. Uma série de ações como o uso de medicação nos bebês recém-nascidos e prematuros, o aumento leitos de enfermaria e de UTI serão realizadas em todo o Estado. Existe um plano de ação, inclusive, no atendimento da atenção primária, da enfermaria, do hospital, na telessaúde, para atender esse público infantil que deve receber um cuidado adicional nesse período”, explicou secretária de Saúde, Zilda Cavalcanti.

O Plano servirá como diretriz para os serviços da rede de atenção e atua de forma transversal para mobilizar a sociedade para adoção de medidas preventivas, como a vacinação contra a influenza, pneumococos e Covid-19, e de controle da transmissão. Além disso, também atuará com um painel de monitoramento da ocupação de leitos, na divulgação de campanhas de conscientização da população, capacitação de profissionais de saúde e a realização de atendimentos por Teleinterconsulta.

Presente no evento, a deputada estadual e pediatra Socorro Pimentel destacou a importância da apresentação do Plano. “O Governo do Estado se antecipa com o Plano de Contingência para atender a alta demanda das infecções virais em todas as Gerências Regionais de Saúde. É uma ação importante diante da necessidade de ampliar os leitos pediátricos, justamente neste período de aumento de casos”, pontuou.

DADOS – No período correspondente à sazonalidade do ano de 2023, entre os meses de março a julho (correspondentes as Semanas Epidemiológicas 09 a 30), Pernambuco recebeu a notificação de 2,6 mil casos da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), na faixa etária de 0 a 12 anos de idade. Dos casos notificados, foi possível identificar o agente etiológico em 686 deles.

Estiveram presentes o secretário estadual de Administração Penitenciária e Ressocialização, Paulo Paes; a promotora de Saúde do Ministério Público de Pernambuco, Helena Capela; o vice-presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco, Elídio Ferreira e a representante da Sociedade de Saúde de Pernambuco, Rita Brito e membros do comitê científico que elaborou o plano.

Foto: Hesíodo Goés/Secom.

Prefeitura de Caruaru divulga resultado final dos Editais do São João 2024

Foto: Elvis Edson/Secom/PMC

A Prefeitura de Caruaru, por meio da Fundação de Cultura, divulgou a lista com o resultado final dos dois Editais do São João 2024, o de música e o de demais linguagens da cultura.

O resultado com a média geral de cada proposta foi publicado no Diário Oficial do Município da sexta-feira (23) e pode ser conferido por meio do link https://diariooficial.caruaru.pe.gov.br/.

No total, foram mais de 1,8 mil inscrições recebidas, que representou um recorde de artistas interessados em se apresentar no Maior e Melhor São João do Mundo. A média foi atribuída a cada um e cada uma depois de análises realizadas pela comissão composta por membros da sociedade civil e do governo municipal, que trabalharam incansavelmente para divulgar este resultado de forma antecipada.

Os inscritos ainda poderão ver o resultado no Mapa Cultural de Caruaru, disponível em https://mapacultural.caruaru.pe.gov.br/SCGA-SiteCadastro/. A programação completa do Maior e Melhor São João do Mundo será divulgada no próximo dia 19 de março.

Secretaria de Educação de Caruaru divulga mais uma lista de crianças contempladas para creches

Foi publicada, na edição da sexta-feira (23), do Diário Oficial de Caruaru, a lista das crianças contempladas pela Central de Atendimento de Vagas de Creche (CAVC) para frequentarem os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s). Esta é a 3ª lista de 2024 e, desta vez, foram contempladas 382 crianças.

Ela é publicada no Diário Oficial do município respeitando as exigências acordadas com o Ministério Público de Pernambuco.

As crianças contempladas estão identificadas no Diário Oficial por nome e CPF. Os responsáveis deverão comparecer ao Centro Municipal de Educação Infantil, onde a criança foi contemplada, no período de 26 de fevereiro até 7 de março, das 7h30 às 15h30.

Veja abaixo, os documentos necessários:

Estudante (cópia);

Certidão de nascimento ou RG;

CPF;

Cartão do SUS;

Cartão de vacinação da criança atualizado;

Comprovante de tipagem sanguínea – Fator RH

Cartão do Bolsa Família (caso seja beneficiário);

2 Fotos 3×4;

Laudo médico para estudantes com Deficiência, Transtornos Globais do Desenvolvimento e Altas Habilidades ou Superdotação.

Pais ou responsáveis (cópia):

RG;

CPF;

Comprovante de residência com CEP.

Para conferir o Diário Oficial basta acessar o link: http://diario-oficial.caruaru.pe.gov.br/

Número 192 do Samu Caruaru e Samu Agreste voltou a funcionar

A Secretaria de Saúde de Caruaru (SMS) informa que a operação da linha 192 do Serviço de Atendimento Móvel – Samu voltou a funcionar. A população já pode ligar normalmente para o 192 para solicitar os atendimentos de urgência e emergência.

A operação da linha foi interrompida devido ao problema de instabilidade que a Oi, operadora que atende o serviço, está passando na região.

Prefeitura de Caruaru inaugura nova sede do Procon junto ao Núcleo Integrado Vereadora Sílvia Porto

Foto: Jorge Farias

A Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Administração (SAD), celebrou, neste sábado (24), a inauguração da nova sede do Procon Caruaru junto ao Núcleo Integrado Vereadora Sílvia Porto, localizado na Rua Padre Félix Barreto, 71, Maurício de Nassau.

Além do Procon, o espaço abriga o Centro de Qualificação Profissional para Mulheres, promovendo a autonomia econômica e o empoderamento feminino e, em breve, também contará com a Escola de Governo, destinada a qualificar os servidores municipais.

O evento foi marcado por oficinas de cursos profissionalizantes e uma mostra da Feira da Mulher Empreendedora, organizadas pela Secretaria de Políticas para Mulheres de Caruaru (SPM), e contou com a presença do Prefeito Rodrigo Pinheiro e da Ministra das Mulheres, Aparecida Gonçalves. A Secretária de Administração, Michely Martins, a Gerente Geral do Procon, Cynthia Nunes, e diversas autoridades políticas do estado também marcaram presença na inauguração.

O Procon Caruaru, agora em um espaço mais moderno, mantém o atendimento de segunda a sexta, das 8h às 14h, oferecendo orientações, registro de denúncias para práticas que desrespeitem o Código de Defesa do Consumidor, fiscalização das relações de consumo, educação e prevenção.

Já a Escola de Governo, integrada ao Programa de Formação e Qualificação Continuada (PFQC), oferecerá cursos para aprimorar habilidades e conhecimentos dos servidores municipais, contribuindo para a excelência nos serviços prestados à população.

O Núcleo Integrado Vereadora Silvia Porto é resultado do esforço municipal, com o apoio da emenda parlamentar do Deputado Federal Túlio Gadelha, com execução orçamentária pelo Ministério das Mulheres do Governo Federal. Um passo significativo para fortalecer os serviços oferecidos à comunidade caruaruense.

Em cerimônia de formação de 193 novos oficiais da Polícia Militar, governadora Raquel Lyra ressalta trabalho para reforçar a segurança pública de Pernambuco

A Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) promoveu, na sexta-feira (23), 193 homens e mulheres da corporação aos Quadros de Oficiais da Administração (QOA) e de Oficiais Músicos (QOMus). A solenidade militar foi presidida pela governadora Raquel Lyra no Quartel do Derby, na área central do Recife. Do total de formados, 190 tornaram-se oficiais da Administração e três vão atuar na banda da PM. Os policiais integram a terceira turma de oficiais militares formados na atual gestão estadual, ampliação que é uma das metas previstas no programa Juntos pela Segurança.

“Os novos oficiais vão nos ajudar a acabar com os pontos onde há maior índice de violência no Estado, e assim permitir que de maneira estruturada os trabalhos possam ser feitos nas ruas. Através do Juntos pela Segurança, temos recursos da ordem de R$ 1 bilhão para investirmos nas polícias, no sistema penitenciário e garantir que durante o nosso mandato possamos ter resultados na segurança pública que devolvam a paz social aos pernambucanos. Investimos em equipamentos como coletes, em novas viaturas, e abrimos novos concursos”, destacou a governadora Raquel Lyra.

Os novos oficiais do Quadro da Administração serão distribuídos nas diversas Unidades Operacionais do Estado. Nesta nova etapa, eles serão empregados buscando atender às necessidades imediatas da PM, além de reforçar a prestação dos serviços ofertados à população do Estado. Já os Oficiais Músicos serão lotados na Banda de Música da PMPE.

“Nós temos no Quadro de Oficiais da Administração o apoio logístico interno para as unidades da polícia, mas eles podem também trabalhar nas ruas, a depender da demanda da unidade em que estejam lotados. Eles têm toda uma experiência operacional que com certeza vai contribuir muito para o exercício do oficialato que hoje eles assumem”, explicou o secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho.

Para o comandante da Polícia Militar, coronel Ivanildo Torres, a nova turma vai ser um importante reforço para a corporação. “Todos eles estão prontos para servir à sociedade pernambucana e à instituição da Polícia Militar de Pernambuco”, disse.

“É uma honra ver o sentimento e o orgulho de sermos pernambucanos neste momento, podendo entregar os novos oficiais à sociedade para reforçar o trabalho da Polícia Militar de Pernambuco. Em gestos como esse eu vejo que a governadora tem dado exemplo de dedicação e espírito público”, registrou o deputado estadual Renato Antunes.

A turma dos novos oficiais realizou a formação no período de 18 de setembro de 2023 a 16 de fevereiro de 2024, na Academia de Polícia Militar do Paudalho (APMP). O curso aconteceu sob a supervisão da Academia Integrada de Defesa Social (ACIDES) e com coordenação da Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa da PMPE (DEIP) da PMPE.

Estiveram presentes na solenidade o deputado estadual Joel da Harpa; os secretários estaduais coronel Hercílio Mamede (Casa Militar), Ismênio Bezerra (Criança e Juventude) e Cícero Moraes (Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca). O chefe da Polícia Civil, Renato Leite, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco, coronel Luciano Alves, e o gerente geral da Polícia Científica, Fernando Benevides, também compareceram ao evento.

Concurso da Polícia Civil

Em mais um movimento do Governo de Pernambuco para reforçar os quadros das forças de segurança estaduais, as provas do concurso da Polícia Civil acontecerão neste domingo, 25 de fevereiro, para Escrivães e Agentes de Polícia. No domingo, 3 de março, serão aplicadas as provas para o cargo de Delegado. O concurso vai oferecer 445 vagas para os policiais civis, sendo 250 para o cargo de Agente de Polícia, 150 para Escrivães e 45 para Delegados.

Foto: Janaína Pepeu/Secom

x